Oeste Futebol Clube
Série C
Paulistas empatam e ficam cada vez mais próximos do G4 nacional
Publicado em 30 de julho de 2012 às 10h50

Com dois paulistas na disputa (Santo André e Oeste) teve início neste final de semana a quinta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. No total, até o presente momento, já que nesta segunda feira haverá o término da rodada, foram disputados nove jogos, com 19 gols marcados, dando uma média de 2,1 gols por partida.

No sábado, às 15h30, pelo Grupo B, Santo André e Oeste fizeram o confronto entre paulistas na competição, no estádio Hermínio Ometto, em Araras e o placar apontou o empate entre as equipes por 1 a 1.

Com este empate, a equipe do Grande ABC aparece na sétima colocação, com sete pontos, enquanto o Oeste é o sexto, com os mesmo sete pontos, porém com uma vitória a mais que o Santo André. Vila Nova (GO), Macaé (RJ) e a Chapecoense (SC), terceiro, quarto e quinto colocados respectivamente, têm oito pontos.

Confira, abaixo, os resultados da quinta rodada da Série C:

Grupo A

Cuiabá (MT) 0x0 Santa Cruz (PE)
Icasa (SE) 6x2 Guarany de Sobral (CE)
Fortaleza (CE) 2x1 Treze (PB)
Salgueiro (PE) 6x2 Luverdense (MT)
Paysandu (PA) x Águia de Marabá (PA) – Segunda-feira (30)

Grupo B

Santo André 1x1 Oeste
Vila Nova (GO) 0x0 Tupi (MG)
Macaé (RJ) 2x2 Brasiliense (DF)
Duque de Caxias 0x1 Chapecoense (SC)
Caxias (RS) 2x0 Madureira (RJ)

Ficha Técnica
Presidente
Ernesto Francisco Garcia
Endereço
Rua dos Expedicionários, s/n – Estádio Municipal CEP 14900-000 - Itápolis -
Telefone: 16 3262-5563

Web Site Oficial
www.oestefc.com.br


Fundação
25/01/1921
Estádio Mandante

E. M. dos Amaros
Itápolis
Mascote

A mascote do Oeste tem ligação direta com um rio que corta Itápolis, município onde surgiu o clube no ano de 1921. O Rio da Onça é um dos principais da cidade e como se dá na maioria do Interior paulista, o respeito ao patrimônio da terra é sagrado.
Assim como a onça, que no mundo animal caracteriza-se pelo silêncio e precisão em seus ataques, o Oeste demorou décadas para mostrar sua força no futebol paulista. Exatamente como o bicho que carrega como mascote, o Oeste transformou-se silenciosamente, a partir de 1997, no “Rei do Acesso”. Saiu da Quinta Divisão do Campeonato Paulista e conquistou todos os títulos de acesso até chegar à Série A1, em 2004.

© 2014 Federação Paulista de Futebol - Todos os direitos reservados. FALE CONOSCO    |    EXPEDIENTE