Mogi Mirim Esporte Clube
Paulistão Chevrolet 2012
Presidente licenciado, Rivaldo aprova a campanha do Mogi Mirim
Publicado em 16 de maio de 2012 às 18h54

O Mogi Mirim foi a grande surpresa do Campeonato Paulista de 2012. Na primeira fase, se classificou na sexta colocação, com 35 pontos e foi jogar as oitavas de final contra o Santos. Em jogo único na Vila Belmiro, vitória da equipe santista por 2 a 0, revés que fez o clube ir disputar o título do interior. Na semifinal, venceu o Oeste por 3 a 2, eliminando o time de Itápolis. Por fim, para coroar a boa campanha ao longo da competição, disputou a final do Troféu do Interior diante do Bragantino. No jogo de ida, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, vitória dos visitantes por 4 a 2. E o placar se repetiu no jogo da volta, com um novo triunfo do Mogi Mirim por 4 a 2, no Estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira, sagrando-se campeão do torneio.

Ídolo e presidente licenciado do clube, Rivaldo acompanhou o desempenho da equipe, apesar de morar em Angola, onde defende o Kabuscorp. “Acompanhei sim, tanto pela internet, como televisão. A maioria dos jogos eu assisti ao vivo. Ficava o tempo todo no telefone com o vice-presidente (atual presidente) Wilson Bonetti e com meu filho Rivaldinho”, disse o camisa 10, que gostou do que viu neste início de ano. “Foi uma ótima campanha, fiquei muito feliz com o desempenho de todos os jogadores e comissão técnica. Meu sonho sempre foi ver o Mogi Mirim grande e neste campeonato vi que estamos no caminho certo”, completou.

A história de Rivaldo com o Mogi Mirim existe há 20 anos. Em 1992, o meia assinou com o clube e tornou-se referência de uma das maiores equipes que já vestiu a camisa alvirrubra, o chamado “Carrossel Caipira”. Esse apelido foi dado porque o time jogava no esquema 3-5-2, aos moldes do Carrossel Holandês da Copa do Mundo de 1974. Comandada por Oswaldo Alvarez, o Vadão, e liderada por Rivaldo, Válber e Leto dentro de campo, a equipe foi a sensação do futebol paulista na década de 90. Após viver esses dois momentos gloriosos da história do clube, o craque prefere não fazer comparação. “Cada época tem suas diferenças e o mais importante é que tanto na época que joguei como a atual ficará marcado na historia do Mogi Mirim”, afirmou o jogador, eleito o melhor do mundo em 1999.

Mesmo sem querer comparar, Rivaldo apontou o diferencial de cada equipe. “Em primeiro lugar a vontade de vencer, lutaram até o fim. Me lembro que antes do campeonato falei com o (volante) Baraka, (goleiro) Anderson e (zagueiro) Thiago, sobre a importância deste Campeonato Paulista para a carreira deles, e eles prometeram que iriam fazer de tudo para poder realizar uma grande campanha, para que um dia pudessem jogar no Campeonato Brasileiro da primeira divisão , e creio que isto irá acontecer com muitos deles, eles trabalharam para isso, foram companheiros, lutaram juntos, merecem todo esse reconhecimento”, declarou o meia, se referindo à equipe deste ano. “Muito tempo de trabalho, muito treinamento e o Vadão fez a diferença. Não é à toa que ele é reconhecido até hoje. Eu particularmente aprendi muitas coisas com ele”, acrescentou, falando sobre o Carrossel Caipira.

Além do título do interior, a boa campanha no Paulistão Chevrolet 2012 levou o Mogi Mirim ao Campeonato Brasileiro da Série D. Isso porque as duas equipes melhores colocadas, que ainda não disputem o torneio nacional, se classificam – neste ano, Mogi Mirim e Mirassol garantiram a vaga. De olho na Série D, Rivaldo falou sobre o planejamento do clube. “Muitos jogadores irão para outras equipes para jogar a Série A e B, devido à campanha feita no Paulistão, muitos times estão à procura. Mas alguns jogadores vão continuar e estamos trabalhando para montar uma equipe forte. Sabemos que é uma competição difícil, mas a expectativa é grande, lutaremos para conseguir uma vaga para a Série C. Vamos trabalhar isso”, declarou o pentacampeão mundial em 2002.

Ficha Técnica
Presidente
Wilson Bonetti (Presidente em Exercício)
Endereço
Rua Dr. Ferreira Lima, 150 CEP 13800-199 - Mogi Mirim -
Telefone: 19 - 3806-4311

Web Site Oficial
www.mogimirim.com.br


Fundação
01/02/1932
Estádio Mandante

Estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira
Mogi Mirim
Mascote

Quem não se lembra do famoso “carrossel caipira”, formado no início da década de 1990 pela forma tática parecida com que a Holanda atuou na Copa de 1974?

Se ninguém se esquece de Rivaldo, Leto e Válber – as estrelas daquele período que partiram rumo ao sucesso em grandes clubes do Brasil e Seleção Brasileira –, do Sapão, a mascote do Mogi Mirim, o torcedor também vai se lembrar. Afinal, ele faz parte da história da cidade desde os tempos de sua fundação, no século 17, por causa dos brejos existentes em abundância na região. A quantidade de sapos que ficava à beira destes lugares tornou o anfíbio famoso entre seus moradores. A história perpetuou-se até virar o símbolo do Mogi Mirim, fundado em 1932.
© 2014 Federação Paulista de Futebol - Todos os direitos reservados. FALE CONOSCO    |    EXPEDIENTE