FPF Acontece

Palmeiras consegue empate fora de casa com Atlético-PR

O Palmeiras enfrentou o Atlético (PR) nesta quarta-feira (16) pela partida de ida das quartas-de-final da Copa do Brasil. O Verdão ficou duas vezes atrás no placar, mas reagiu e conseguiu o empate fora de casa por 2 a 2.
 
O jogo começou com bastante marcação e as duas equipes tentando chegar com perigo ao gol. A primeira boa chance do jogo foi em cobrança de escanteio do Atlético, que foi desviada por cima do gol.

Aos nove minutos, João Vitor recebeu cruzamento da esquerda e tentou levantar a bola na área, mas a defesa tirou. No rebote, o volante palmeirense arriscou de longe, mandando a bola pela linha de fundo. Aos dez minutos, Ligüera fez a jogada e tocou para Guerrón mandar a bola por cima do gol. Aos 12, Marcos Assunção bateu falta e Bruno Mineiro tirou a bola da área.

O Furacão abriu o placar aos 16 minutos, quando Ligüera cobrou falta, Renan Foguinho tocou quase na linha de fundo e Bruno Mineiro tocou a bola para marcar o gol.

Guerrón tentou a jogada pela direita e cruzou rasteiro, mas Bruno Mineiro não chegou na área. Aos 21, Barcos marcou o gol do empate. Ele recebeu bola lançada na área por Valdívia, ganhou da defesa e bateu na saída do goleiro para igualar o placar.

O Atlético logo reagiu e marcou o segundo gol. Após nova jogada rápida de Guerrón, ele cruzou, Bruno defendeu e Edgar Junio pegou no rebote, disputou com a defesa e marcou o gol.  O Furacão abusava da velocidade do equatoriano para ganhar da defesa alviverde.

Aos 29, Marcos Assunção bateu falta e Rodolpho bateu para escanteio. Aos 34, Barcos recebeu novamente dentro da área, dominou e bateu rasteiro para a defesa do goleiro. Dois minutos depois, o Furacão teve uma grande chance de anotar o terceiro com Ligüera e Bruno Mineiro, mas sem sucesso.

João Vitor bateu de longe aos 39, mas Rodolpho defendeu. Dois minutos depois, Marcos Assunção arriscou mais uma vez na bola parada, mas a bola foi no travessão. Os minutos finais da etapa inicial foram de muita disputa pela pela e forte marcação.

Barcos e Mazinho trocaram passes na entrada da área no começo do segundo tempo e o atacante tentou o chute, mas a bola bateu no travessão. O Palmeiras voltou mais ofensivo, enquanto que o Atlético seguia explorando a velocidade.

Aos 14 minutos, o Palmeiras empatou a partida. Maikon Leite, que havia entrado alguns minutos antes, recebeuy, dominou e bateu de fora da área com o pé esquerdo para mandar a bola no fundo das redes.

O time da casa tentou reagir no chute rasteiro de Guerrón, mas a bola passou muito perto da trave de Bruno.Aos 16, novamente Maikon Leite arriscou de longe, mandando pela linha de fundo. Aos 21, após cruzamento da esquerda, Barcos não conseguiu tocar a bola e facilitou o corte de Renan Foguinho.

Juninho cruzou a bola para Maikon Leite, mas ele tocou para fora. O Verdão era mais ofensivo e pressionava mais o Atlético na etapa final. Aos 29, Ligüera bateu de longe e Bruno caiu para fazer a defesa.

Aos 41, Luan foi lançado na esquerda, partiu com a bola e tentou o toque na área, mas ela foi para as mãos do goleiro. Nos minutos finais, o ritmo do jogo diminuiu e os dois times passaram a tocar a bola.

Na próxima quarta (23), as duas equipes voltam a se enfrentar no jogo de volta na Arena Barueri. Empate de 0 a 0 ou 1 a 1 classifica o Palmeiras para a próxima fase. O Atlético precisa vencer ou empatar por três ou mais gols.

Ficha Técnica
Atlético (PR) 2 x 2 Palmeiras

Local:
Durival de Britto, Curitiba (PR)
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa/MG) e Ângelo Rudimar Bechi (SC)

Atlético (PR): Rodolpho; Cleberson (Pablo), Manoel, Renan Foguinho e Zezinho; Deivid, Alan Bahia e Ligüeira; Guerrón (Ricardinho), Bruno Mineiro e Edgar Junio
Técnico: Juan Ramón Carrasco

Palmeiras: Bruno; Cicinho (Maikon Leite), Maurício Ramos (Román), Leandro Amaro e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor e Valdívia; Barcos e Mazinho (Luan)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Gols: Bruno Mineiro (ATLPR) aos 16, Barcos (PAL) aos 21, Edgar Junio (ATLPR) aos 22 do primeiro tempo e Maikon Leite (PAL) aos 14 do segundo tempo
CA: Deivid e Cleberson (ATLPR); Barcos, Valdívia e Cicinho (PAL)

© 2014 Federação Paulista de Futebol - Todos os direitos reservados. FALE CONOSCO    |    EXPEDIENTE