Paulistão Itaipava

Brigatti lamenta derrota da Ponte Preta e chance de disparar

Publicado em 20 de março de 2017, às 15h30

Derrotado no último sábado em casa por 2 a 1 contra o Novorizontino pelo Paulistão Itaipava, a Ponte Preta desperdiçou a chance de disparar na ponta do Grupo D. Com 15 pontos, a equipe campineira ainda lidera, mas tem só dois pontos de vantagem para o Santos, terceiro colocado. Entre eles se encontra o Mirassol, com 14.

O técnico interino João Brigatti não escondeu a insatisfação com o resultado negativo da equipe. “Não é fácil perder. Falo de cabeça quente, mas temos que tocar em frente. Começamos bem a partida, dominando e conversei com eles no intervalo sobre o porquê de nos perdermos tanto na marcação de meio de campo e da nossa defesa. Jogávamos para frente e o adversário, muito bem postado pelas laterais, fechou muito os nossos lados, onde não conseguíamos jogar e sempre tomávamos os contra-ataques nas costas, entre nossos dois volantes”, disse.

Apesar da frustração, o treinador pede foco na luta pela recuperação no campeonato. “Perdemos uma excelente oportunidade de abrir quatro pontos do Mirassol, mas infelizmente tem dias que não dá certo. Mas temos que pensar para frente. Nosso foco é o Santo André. Tem treino nesse domingo, já viajamos na segunda-feira e sempre vamos buscar o primeiro lugar. Vamos tentar a reabilitação”, ressaltou.

Brigatti ainda falou das dificuldades que o adversário desta terça-feira pode oferecer. “O Santo André envolveu muito o Mirassol. Teve várias oportunidades de gol e temos que nos preparar muito. É uma equipe em ascensão, teve dois resultados positivos com o novo treinador e será muito difícil. Mas o importante é nos prepararmos e jogar com a postura que tivemos no segundo tempo desse sábado para vencer a partida”, analisou.

O próximo jogo da Ponte Preta é nesta terça-feira, às 15h, contra o Santo André, no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André, válido pela 10ª rodada do Paulistão Itaipava.

Penalty Academia Kappa Marabraz Canon Amanco